Informações sobre o programa e projetos convidados:



Circuito - Serviço Educativo Braga Media Arts (Braga)

Talk com Sara Borges e Luís Fernandes - Dia 25 de março das 10h15 às 10h45 | Centro Cultural

Desde 2017 que Braga faz parte da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, uma rede com cerca de 300 cidades espalhadas pelo mundo que colocam a criatividade no centro do seu desenvolvimento social, cultural e económico. Em 2019 nasce o Circuito, que tem como missão fazer múltiplas ligações entre criação, media arts e a comunidade. Aqui as novas tecnologias são motor de produção, conhecimento e fruição das artes. As atividades são pensadas para escolas, famílias, crianças, professores, seniores, comunidades, profissionais, amadores, artistas e quem mais quiser juntar-se. Este é um Circuito aberto a todos e ninguém fica de fora!




Sara Borges
Assessora de Programação do Braga Media Arts

Faz parte da equipa do Circuito – Serviço Educativo Braga Media Arts desde a sua criação, em 2019. Paralelamente, desenvolve trabalho na área da produção cultural.

Foi produtora executiva do gnration entre 2014 e 2019, onde, para lá da programação regular, foi responsável pelos projetos de serviço educativo e de arte participativa.

Colaborou com a editora e coletivo de artistas bracarense, PAD, enquanto agente e produtora.

Frequentou o Mestrado em Comunicação, Arte e Cultura, da Universidade do Minho, e a pós-graduação em Práticas Artísticas e Inclusão Social, pela Universidade Católica Portuguesa.




Luís Fernandes
Diretor artístico e Coordenador de Programação do Braga Media Arts

É músico, artista sonoro e programador cultural. Enquanto músico tem desenvolvido trabalho a solo e como membro de múltiplos projetos tendo participado, até à data, em 51 edições discográficas. É elemento fundador da banda peixe:avião, mentor do projecto The Astroboy e Landforms, membro do coletivo La La La Ressonance e do duo Palmer Eldritch. Mantém, desde 2014, um duo com a pianista Joana Gama e em 2018 desenvolveu o projeto “Speaking of Chance” com André Gonçalves e Lloyd Cole. Colaborou com Rodrigo Leão na composição, interpretação e produção do trabalho Cérebro: Mais Vasto que o Céu. O âmbito do seu trabalho alarga-se à composição de música para teatro, dança, cinema, vídeo e instalações sendo de destacar o filme Mahjong de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, apresentado nos Festivais de Cannes e Locarno, e a exposição Porto Poetic, na Triennale di Milano. É director artístico e fundador do Festival Semibreve, desde 2011, diretor artístico do gnration, em Braga, desde 2014 e diretor artístico do Index desde 2019. Atualmente é Coordenador Artístico do plano de acção da candidatura da cidade de Braga a Cidade Criativa da UNESCO para as Media Arts e integra o comité de curadores da rede ENCAC (European Network for Contemporary Audiovisual Creation).

Espreita o que andamos a fazer nos últimos tempos:








FINANCIAMENTO




ORGANIZAÇÃO



DIREÇÃO ARTÍSTICA



COPRODUÇÃO




MEDIA PARTNER




APOIOS






PARCEIROS
INTERNANCIONAIS










︎        ︎        ︎        ︎
Escola do Rock 2024  © Todos os direitos reservados


Espreita o que andamos a fazer nos últimos tempos:









FINANCIAMENTO









ORGANIZAÇÃO





DIREÇÃO ARTÍSTICA




COPRODUÇÃO








MEDIA PARTNER









APOIOS












PARCEIROS INTERNANCIONAIS












︎        ︎.       ︎.       ︎

Escola do Rock 2024  © Todos os direitos reservados