︎   ︎   ︎   ︎



Bandas ResidentesResidency for Rock Bands








Sobre o Programa

O Programa de Bandas Residentes foi criado em 2018, e acontece em paralelo com a Semana de Residência da Escola do Rock Paredes de Coura, habitualmente em dezembro. Surgiu para colmatar a dificuldade que as bandas sentem, numa fase inicial, para se lançarem no mercado e produzir e editar um registo fonográfico.


Inscrições

Qualquer banda, sem edição e produção profissional, pode participar. As inscrições abrem normalmente em setembro, são feitas online, e cada banda deve enviar um texto de apresentação, a apresentação da banda (músicos e instrumentos), os requisitos técnicos, dois temas em formato áudio ou vídeo, e fotografias. O período de inscrições termina no mês de dezembro, e semanas depois as três bandas selecionadas são anunciadas. A seleção das bandas é feita por um júri composto por membros da Câmara Municipal de Paredes de Coura, e pelos músicos formadores da Escola do Rock.


A Residência

As três bandas selecionadas têm depois a oportunidade de passar uma semana em Paredes de Coura, com alojamento e alimentação garantidos, e onde podem produzir um registo fonográfico (”single”), bem como dar alguns concertos.

O registo fonográfico é produzido sob a direção de um produtor musical e um técnico de som, que trabalham na produção de um single, durante a semana. Para além disso, um programador cultural assegura os concertos da banda, um que ocorre durante a semana, em locais emblemáticos do concelho de Paredes de Coura, e outro que ocorre na abertura do concerto final da Escola do Rock, no final da semana.

Depois da semana de residência, durante o ano, as bandas têm a oportunidade de dar mais concertos, normalmente integrados no programa de tour/circulação da Escola do Rock. 




As Bandas

Para a primeira edição desta iniciativa, em 2018, foram selecionadas: Wicked Youth, de Paredes de Coura, Dream People, e Cuckoo Let Us, de Lisboa. Ao longo do ano tocaram em palcos como o Festival Vodafone Paredes de Coura, Surfing the Lerez em Pontevedra, na Sala Radar em Vigo - no âmbito da “A Escola Vira Fest”.

Na segunda edição, em 2019, três bandas foram selecionadas, The Fekks, da Malveira da Serra-Cascais, Gaspea, das Caldas das Taipas-Guimarães, e Cut Arine, com elementos de Paredes de Coura, Porto e Castelo de Paiva de Paredes de Coura. 



2018


Wicked Youth

Os Wicked Youth são uma banda de Paredes de Coura formada em 2017. Assumem sem medo a sua influência rock, e que é da energia da sala de ensaios, das rotinas e das viagens por diversas influências musicais, que vão buscar inquietações e mutações sonoras, que depois em palco ganham vida e são transmitidas por eles a que os vê.

No Programa de Bandas Residentes gravaram o single “Wysis”, apresentando-o para contar parte da sua história, não porque a queiram contar ao mundo, mas porque sentem que todos nós dançamos ao som das mesmas emoções.
Depois disso pisaram palcos como o Vodafone Paredes de Coura- Festival Sobe à Vila, Radar Estudios, e Surfing the Lerez Festival, e preparam-se agora para lançar novo disco.


Disponível no Youtube:





Acompanhe os Wicked Youth no Facebook e Instagram.
Dream People

Dream People é uma banda lisboeta que nasceu com o objetivo de refrescar o panorama musical. Com synths que nos levam ao etéreo universo do dream pop, e poderosas guitarradas que nos envolvem numa espécie de synth rock psicadélico, a música desta banda é uma saudável amálgama de sons e influências.

Na Residência da Escola do Rock gravaram “Forever, Too Long”, que fala sobre o contraste entre a leveza do amor e a sua inerente precariedade.
Depois disso tocaram em palcos como o Festival Paredes de Coura 2019- Festival Sobe à Vila, Festival Super Bock em Stock e no MusicBox. Em Janeiro de 2020 lançaram o seu primeiro disco intitulado “Soft Violence. “




Disponível no Youtube:





Acompanhe os Dream People no Facebook e Instagram.

Cuckoo Let Us

Cuckoo Let Us é um trio de Lisboa, com raízes em Viana do Castelo. Tudo começou numa pequena sala de ensaios em Arroios, onde procuravam libertar as frustrações clássicas de um dia de trabalho. Riff após riff, o som ficava cada vez mais completo e começaram a aparecer músicas do início ao fim, e mais tarde, os concertos.

No Programa de Bandas Residentes gravaram o single “Gautama”, inspirado no príncipe nepalês e numa personagem de J. D. Salinger.
Depois disso já tocaram em grandes palcos como o Festival Paredes de Coura- Festival Sobe à Vila, Letra Harvest Fest, Surfing the Lerez Festival (Espanha), e Sabotage Club e Ferroviário, em Lisboa. Em 2019, lançaram o primeiro álbum intitulado “Hiding Under the Tree Hut”.


Disponível no Youtube:





Acompanhe os Cuckoo Let Us no Facebook e Instagram.




2019


The Fekks

The Fekks é um quinteto da Malveira da Serra, que surgiu em 2008, com influências do rock alternativo, indie, e synth folk.
Depois de vários anos em estado intermitente devido ao percurso académico dos seus membros, The Fekks lançaram em 2018 um EP, disponível no seu bandcamp.


Durante a residência na Escola do Rock, gravaram “Mountain of Mine”. A banda queria aproveitar a experiência para arriscar um “processo mais impulsivo, sem pensar demasiado nos detalhes da música”. Ironicamente acabaram por passar vários meses a trabalhar e melhorar os detalhes finais para chegar à versão de “Mountain of Mine” que agora lançam.


Disponível no Spotify:





Acompanhe os The Fekks no Facebook e Instagram.

 

Gaspea

Gaspea é um trio das Caldas das Taipas, formado em 2018.
Com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos, reconhecem influência de bandas como Arctic Monkeys, Foo Fighters, Bush, Red Hot Chili Peppers, The Strokes e Nirvana.



Durante o Programa de Bandas Residentes gravaram “Ser Quem Sou”. Para a banda, o ambiente musical, a envolvência, o facto da experiência ser fora da sua zona de conforto, influenciou-os e fez com que evoluíssem.
“Ser Quem Sou”, marca um novo rumo da banda, com novas ideias e muita motivação.




Disponível no Youtube:





Acompanhe os Gaspea no FacebookInstagram.

Cut Arine

Cut Arine é uma banda com sonoridade pop, e inspiração de rock e soul, formada por elementos de Paredes de Coura, Porto e Castelo de Paiva.
Depois de terem participado em várias fases da Escola do Rock, sentiram que esta era altura certa de entrar em estúdio e gravar o seu single.

“Why“ é o single de estreia da banda. Apesar de ser da autoria de Catarina Pereira, vocalista e guitarrista da banda, a mesma assume que foram Kaku e Nando quem deu vida ao tema. Mais tarde, Rui e Lilo juntaram-se à banda e puseram ainda mais cor na cena. “Why” aborda o amor no seu lado mais negro e louco, e menos no lado fantasioso que estamos habituados ouvir.


Disponível no Youtube:





Acompanhe os Gaspea no FacebookInstagram.